sexta-feira, 2 de maio de 2014

Por amor ...


por amor
sou um sopro
para brincar ...
com seus olhos
que trazem

desejo
por amor
tenho que
dar a força
da minha alma
para que aconteçam seus
anseios
por amor
sou uma criança
a espera do assentimento
para me aproximar
abraço
por amor
sou argila fresca
que espera suas mãos
para que você modele
abrigo
por amor
hoje quero ser um dom
o de fazer você
sorrir
por amor, hoje
não há contradições
nas alucinações de Platão
Luciano Lopes
Imagem captada na web
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário