sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Homenagem à Quintana.

Ficaram os Versos
A Mario Quintana
Do alto da bronze 
Ficaram os versos do mapa, 
Às gurias no passeio, 
Rua da Praia
Sem praia, sem rio,
Cheia de quinta’s
Quintana.
O cigarro,
A velha máquina
Em silêncio como a folha,
No recanto
Oh, Majestic
Da velha Porto Alegre
Do novo, dos versos
Velho poeta
Desatando nós e nós...
Auber Fioravante Júnior
15/01/2015
Porto Alegre - RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário