domingo, 22 de fevereiro de 2015

A PROFESSORA




A Professora

Só porque sou bonitinha
por frívola não me tome:
sou uma professorinha
que zela pelo seu nome.

Minhas crianças eu amo
e sou feliz desse jeito:
atuando nesse ramo,
ensinando o que é direito.

A criança é folha em branco
onde escrevemos o bem;
educadora eu me banco,
e sou mãe delas também.

A Pátria que nos dê força
pois somos da Natureza:
sou avezinha, sou corça,
quero passar a beleza.

Só pedimos o respeito
e que nos dêem valor;
fazendo tudo bem feito
motivadas pelo amor.

Sem nós a humanidade
seria um caos deprimente:
formamos em tenra idade
o coração e a mente.

O nosso empenho maior
é cultivar a criança
pra ter um mundo melhor:
nós somos a esperança.


imagem clickgratis
Miguel Carqueija
Enviado por Miguel Carqueija em 21/02/2015
Código do texto: T5144801
Classificação de conteúdo: seguro

Nenhum comentário:

Postar um comentário