sábado, 23 de julho de 2016

Na calada da noite ....

É na calada da noite, com frio rigoroso
no sul deste pais de clima tão variado
que sentimos a falta de aconchego

Acender o fogão à lenha, ver o calor da chama
colocar na chapa quente, um pinhão a sapecar
um chimarrão verdinho, aquecendo o paladar

É na calada da noite, e no encontro afetivo
na chama do fogão e no calor do coração
que sentimos que o frio aquece e é cativo.

No bate-papo entre pessoas, num tom amistoso
Um casal apaixonado entregue às carícias...
Curtem  o calor da estação num abraço gostoso...

                    (£umah)  ( Luizammanfredi)

                    Editado e publicado no Recanto das Letras
                    em 23/07/2016




Nenhum comentário:

Postar um comentário