quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Adeus Tia Chica.


 Estava 4 a 2 em favor dos réus do mensalão quando o presidente do STF pediu tempo até semana que vem. Pelo andar da carruagem, os acusados não vão em cana e um novo e provável julgamento vai ser mais longo que novela mexicana. Não sei bem onde ficam as calendas gregas, só sei que é longe. E para lá que a coisa vai, ao fim e ao cabo. Ou, na versão de um grande gozador, ao cabo e ao rabo. Salvo reviravolta.

 Nós da mídia ficamos semanas papagaiando sobre embargos infringentes, na maior das vezes sem saber exatamente do que se trata. Também pudera. Continuo achando que se essas infringências todas vingarem, estilhaços atingirão até o governo Dilma. É como essas temidas minas terrestres Claymore, que ao explodir lançam até três mil esferas de aço.

 Confesso que cansei desse assunto. Desde o início suspeitávamos que era puro enrolation. Como na música “Não Me Enrole”: não me enrola não/Para de me enganar/Me joga um charminho/Já me manda um sorriso/Não vou acreditar.
Fernando Albrecht - publicada em 12/09/2013



Nenhum comentário:

Postar um comentário