sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Os sonhos...


Os sonhos

 Na vida plantamos nossos sonhos, eles ficam escondidos debaixo da terra por um tempo, ali ficam por um período oculto. Às vezes, pensamos que eles morreram, porém, passa um tempo curto ou longo, e vemo-lo suas sementes saírem da terra pequeno e frágil, porém, ficamos felizes, porque eles estavam vivos. Então, vamos cuidando, e aqueles sonhos vão desenvolvendo, às vezes mais rápidos, outras lentamente, chegamos a pensar que não irão vingarem, mas, eles resistem às tempestades, aos nossos desânimos e vão crescendo, nem sempre da maneira como desejaríamos, mas eles vão crescendo, vão se ramificando, surgindo um fruto aqui, outro acolá e num determinado momento percebemos o quando estes sonhos foram realizados, quanto fruto deles já colhemos.
 São assim os sonhos, por isto que jamais podemos desistir deles ainda que possam parecer irrealizáveis. Pode até ser que eles não se concretizem da forma como desejaríamos, porém, certamente, teremos lindas surpresas e observaremos o quanto estes sonhos trouxeram-nos felicidades.
 Ataíde Lemos



Nenhum comentário:

Postar um comentário