segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Um texto humorado...

A Solução Capivara
 Leitora fiel observa que os homens ficam carecas com uma precocidade impressionante, e pergunta onde foram parar os cabeludos de antigamente. Verdade, mas a dermatologia (ou a genética) podem explicar. Se é que não vão botar a culpa em algum vírus. Faltou explicação, é vírus. Ou poluição.
 Nos anos 60, havia em Montenegro um cidadão que mal chegara aos 30 e já estava com o teto igual a bola de bilhar, o que o incomodava muito. E tratou de buscar a salvação da lavoura com dermatologistas, depois com psicólogos, depois com curandeiros, pais de santo e até pajés, sem falar nas ervas caseiras recomendadas pelas comadres. E nada de crescer um só fio de cabelo.
 Virou ideia fixa. Só falava nisso em toda roda ou encontro social, o que irritava todo mundo, porque ele se lamentava de como a natureza o tratara mal, que ele era um homem novo, mas careca, e assim ia ele desfiando suas chatas lamúrias.
 Certo dia, ele estava em um jantar social qualquer, e mal veio a entrada, ele começou com sua ladainha capilar. Já tomei isso, já passei aquilo, nada. Quase chorava. Então veio um cidadão, o Joceli, famoso por suas tiradas, entrou no assunto.
- Já experimentaste passar na careca sebo de capivara?
 O prejudicado largou a faca e o garfo no prato, estupefato e esperançoso. Quem sabe não estaria no maior roedor do mundo a sua salvação?
 - Mas nasce cabelo mesmo, de verdade?
 Joceli fez suspense por algum tempo. Fez um sinal que estava com a boca cheia, mastigava e mastigava, o careca ansioso, deu mais uma garfada no carreteiro de charque, tomou um longo gole de cerveja, olhou bem para a careca do outro e suspirou.
- Olha, isso eu não sei. Mas dá um brilho...
Fernando Albrecht - jornalista




Nenhum comentário:

Postar um comentário