segunda-feira, 1 de julho de 2013

O momento político atual.



BRASIL 30 de junho de 2013, 12:50
‘O gigante não vai mais dormir de vez’, diz cientista político sobre manifestações

Victor Longo, Correio*


Cientista político do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), o professor Geraldo Tadeu Monteiro diz que tendência das manifestações que tomaram as ruas brasileiras agora é diminuir, mas que isso não é definitivo. Afinal, acredita ele, uma lição ficou para a classe política: apesar de estar começando a adormecer, o “gigante” – definição do povo brasileiro que ganhou as manchetes internacionais – pode acordar a qualquer momento. “O gigante não vai dormir de vez”, afirma. O cientista político, que possui mestrado em Sociologia Política pela Universidade de Paris I, na França, diz que a população brasileira aprendeu a protestar e que a classe política, com isso, tende a se voltar mais para o interesse público. Ele ressalta os riscos de se fazer a tão falada reforma política sem a devida reflexão e utilizando os meios inadequados: “Podemos criar um Frankenstein jurídico ou até mesmo aumentar os privilégios da classe política em vez de reduzi-los”, afirma. O professor, que em 2010 publicou o Manual do Candidato as Eleições pela Editora Gramma, explicou também porque é tão difícil fazer uma reforma política no país e expõe suas razões para considerar um plebiscito e a convocação de uma assembleia constituinte exclusiva meios inadequados para isso. Enfim, o especialista, que atua como professor do mestrado e doutorado em Ciência Política e Relações Internacionais do Iuperj, analisa as razões políticas – e também as econômicas – que levaram milhões de brasileiros a protestar nos últimos dias. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário