terça-feira, 2 de julho de 2013

Os Ministérios da Presidente!!


Se a presidente Dilma Rousseff entendeu o espírito dos protestos, deveria fazer uma vasta faxina na própria casa. Começando por enxugar o número de ministérios. Pelo menos metade poderia tomar Doril ou virar departamento de pastas mais tradicionais. Se o argumento é que eles são necessários para dar emprego até para os primos em terceiro grau dos integrantes dos partidos da base aliada – que nem aliada fiel é – sugiro um superministério.
 Contradição minha? Não. Pega todos os cupinchas, dá cartão de visita de ministro a eles e constrói um prédio grande onde ficava o garimpo de Serra Pelada. Longe de tudo, é importante. Um mês depois metade pediria demissão, mas o importante é que pelo menos eles não atrapalhariam o trabalho dos outros, e poderíamos dizer ao mundo que, enfim, tínhamos só, sei lá, 12 ou 13 pastas.
 Do jeito que está é chacota. Aliás, é preciso corrigir o número de ministérios do governo Dilma. Não são 39 ministérios, são 38 e meio. A pasta das Micro e Pequenas Empresas, comandada por Afif Domingos, é de meio expediente. No outro ele é vice-governador de São Paulo.
Fernando Albrecht - jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário