quinta-feira, 6 de junho de 2013

ESTRELA CADENTE



 Rápido traço de luz, pronto, lá 
se vai a estrela cadente, tudo 
 acabado quando cai...
 Meu pedido junto dela vai...

 Ah, um namorado, rogo 
 à minha estrela que cai,
 quero nesta noite adormecer,
 sonhar, o namorado conhecer.

E a estrela, para onde se foi?
 Caiu dentro do mar sem fim
 ou no meio do grande jardim?

 Linda estrela cadente! 
 Fugida do céu, sorridente
 é o anjo guradião de mim.
 Tira-me da angústia, enfim...

 Todas as noites eu penso nela, 
 procuro no escuro do firmamento,
 gostaria de fazer meu pedido 
 olhando o céu, num só momento!
 Marta Peres

Nenhum comentário:

Postar um comentário