sábado, 15 de junho de 2013

Falando do Amor...


   Falando do amor...
 "Tão imperfeitas, nossas maneiras de amar.
 Quando alcançaremos o limite, o ápice de perfeição que é nunca mais morrer, nunca mais viver duas vidas em uma, e só o amor governe todo além, todo fora de nós mesmos?
 O absoluto amor, revel à condição de carne e alma. 
 (Carlos Drummond de Andrade - Poeta, contista e cronista brasileiro) 
 (1.902/1.987)



 Cultura, conhecimento, poesia!
 Partilhei do amigo Poeta Português  António F. Oliveira Figueiredo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário